Andrea Ramal afirma que “Sala de Aula Invertida aumenta presença na aula”

flipped_classroomCaros amigos, como estão?

Um modelo novo de lecionar vem chamando muito a atenção. Este modelo é conhecido como Sala de Aula Invertida.

Mas, será mesmo que é um modelo novo?
Não, não é não. Papert conhecido como sendo o “PAI” da inclusão da tecnologia digital na sala de aula, na década de 1960 iniciou o desenvolvimento do método de ensino CONSTRUCIONISTA, que foi baseado quase que integralmente no CONSTRUTIVISMO de Piaget. Papert também foi responsável pelo desenvolvimento do Logo e posteriormente veio fomentar o surgimento do Scratch.

Papert, desenvolveu CONSTRUCIONISMO após conhecer e ter trabalhado com Piaget na Suíça.  Detalhes sobre o modelo CONSTRUCIONISTA DE ENSINO, clique aqui.

Mas, voltando… A filosofia da Sala de Aula Invertida é quase que integralmente o modelo CONSTRUCIONISTA. Só não é integral, pois o modelo de Papert é baseado na inclusão da tecnologia digital em sala de aula e a Sala de Aula Invertida não segue esta premissa, mas, a forma e o método de lecionar se equivale ao modelo CONSTRUCIONISTA da década de 1960.

Mas, isso não significa que é ultrapassado, pelo contrário, quando Papert sugeriu um novo modelo de ensino alegando que o modelo da época incentivava a “ensinagem” e não a aprendizagem ele foi chamado de louco.

Fiz esta introdução, para poder indicar um artigo publicado pela Universia com o título: “Sala de aula invertida aumenta presença na aula”, diz especialista Andrea Ramal, que traz um conteúdo de ótima qualidade que além de explicar de forma direta o modelo de Sala de Aula Invertida, ainda apresenta a FLIPCON Brasil, congresso mundial sobre inovação na educação. Vale muito a pena conferir.

Espero que ajude e que gostem.

Grande Abraço.
Por:
Emerson Rodrigo Baião (Moderador do Blog)
Amanda Nello (Revisão e Web Design)
João Ferreira Neto (Analista de T.I e Redes Sociais)

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Beatriz Toemin disse:

    Tenho feito formações a esse reapeito.
    Nossas aulas devem ser gostosas.
    Luto por uma escola onde as crianças devem ter prazer de ir e trocar os saberes!

    Curtir

    1. Oi Beatriz, tudo bem?
      Tenho um colega com opinião contrária, ele acha que o aluno deve se moldar ao professor.

      Mas, são opiniões, é sói respeitar.

      Mas, acredito no mesmo que você. Tudo mudou, tudo mesmo, e a escola e os professores tem que ser os mesmos?
      Quer um exemplo?

      Grandes treinadores de futebol da década de 1990, depois da virada do ano 2000 não ganham mais nada.
      Os próprios atletas falam que eles continuam na década de 1990 e que não tem como trabalhar com esses treinadores.

      Não se trata de inverter valores, mas, de se adequar ao mundo atual.

      Grande Abraço.
      att.
      Emerson Rodrigo Baião

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s