Nativos Digitais? Meus alunos são?

nativos
Jovens de hoje são nativos digitais, usando a tecnologia desde a primeira infância. Foto: EBC/Lars Plougmann (Creative Commons)

Olá leitores tudo bem?

Bem, hoje trago neste post um termo que está sendo muito utilizado em educação, que é os “Nativos Digitais”. Para definir nativos digitais, citarei Prensky (2001) que define como:  àqueles que nasceram no contexto de constantes inovações tecnológicas (na cibercultura), a saber, os nativos digitais. E em sua colocação ele completa apresentando também o inverso dos nativos digitais, que ele define como estrangeiro. De acorco do Prensky (2001) são: aqueles que não nasceram nesse processo, mas o viram acontecer, podemos dizer assim que são como estrangeiros trazidos à força para um novo país.

Tendo esta definição, vamos continuar…
A organização da Nações Unidas (ONU) preocupada com esta transformação tecnológica, reuniu em 2015 – 400 políticos internacionais de mais de 60 países, representando as entidades reguladoras e empresas líderes de tecnologia e realizou um Simpósio global, no Gabão (África), na busca de fomentar debates sobre técnicas inovadoras que promovam a inclusão e fechamento da lacuna digital entre economias industrializadas e emergentes, com foco nos nativos digitais com a perspectivas que estes podem acelerar a mudança socioeconômica global. Mas, o que isso tem a ver com educação?

Ressaltarei algumas colocações e depois fecharei no último parágrafo.
Começando pelos representantes da União Internacional de Telecomunicação (UIT) que afirmaram: “[…] economias em desenvolvimento exigirá uma mentalidade orientada para a inovação, que busca novas abordagens em relação à regulação, assim como aos desafios tradicionais” (ONUBR, 2016).
As discussões geraram em torno de “Estratégias para acelerar a inclusão digital para alavancar o potencial de crescimento das economias emergentes e em mercados em desenvolvimento […]” (ONUBR, 2016).

“O secretário-geral da UIT, Houlin Zhao, enfatizou a importância de fomentar o crescimento da base tecnológica de pequenas e médias empresas para acelerar a economia digital nacional de cada país. Ele também instou os países a investir nos jovens através da educação e formação em tecnologias de informação e comunicação (TIC).

Os jovens são naturalmente inovadores, e os jovens de hoje são também nativos digitais”, disse. “Por isso usar TICs para solucionar problemas e criar novos serviços úteis é algo natural para eles, por isso podem ser grandes motores da mudança socioeconômica” (ONUBR, 2016).

Então, olha que legal, o mercado clama por inovação tanto por parte das pessoas, mas, principalmente quanto do próprio mercado.

A busca é que as empresa/países invistam no crescimento da base tecnológica das pequenas e médias empresas.

Se o mercado já enxerga isso como uma proposta de desenvolvimento e criatividade, então precisamos também transpor isso para a nossa escola que ainda está fundamenta nos séculos passados e não é tão atraente para estes novos alunos (nativos digitais).

Bom, sei que algumas escolas, principalmente as particulares estão recheadas de tecnologia. Mas, o que quero provocar é a discussão do não uso da tecnologia pela tecnologia, mas, como um fomentador da aprendizagem.

A realidade é inovadora, é isso que pede a modernidade e as empresas, a realidade é tecnológica é isso que pede a modernidade, as empresas e nossos alunos.

Precisamos repensar a escola que mesmo com toda as dificuldades, se não for possível por enquanto ser tecnológica, mas que seja, inovadora, que traga novas abordagens, pensando em desenvolver o aluno crítico, criativo, com pensamento sistêmico e aprenda a trabalhar em equipe.

Deixe seu comentário e sugestões.

Grande Abraço.

Fonte: PRENSKY, M. Digital natives, digital immigrants. On the horizon, v. 9, n.5, p. 1-6, 2001. Disponível em: <http://www.marcprensky.com/writing/prensky%20-%20digital%20natives,%20digital%20immigrants%20-%20part1.pdf&gt;. Acessado em: 01/11/2014.

ONUBR. Nativos digitais podem acelerar mudança socioeconômica global. 2015.. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/nativos-digitais-podem-acelerar-mudanca-socioeconomica-global-afirma-onu>. Acessado em: 02/05/2016.

Por
Emerson Rodrigo Baião
Amanda Nello

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s